NeoEnergy

Qual é a melhor posição para instalação de painéis fotovoltaicos e como fazer essa definição

Ao projetar um sistema de geração de energia fotovoltaica, a primeira providência a ser tomada é definir uma posição que garanta o máximo de geração de energia.

Qual então é a melhor posição?

O primeiro fator a se considerar é o hemisfério. No nosso caso, estamos no sul, o que significa que a direção norte é a mais indicada para posicionar placas fotovoltaicas.

A razão para isso é o trajeto que o Sol percorre do ponto em que nasce, no leste, até o oeste, onde se põe.

E o que acontece, por exemplo, se as placas estiverem voltadas para outras direções?

Nesse caso, estima-se que haja uma perda na eficiência energética de 12% a 20%, caso esteja voltada para leste ou oeste e de 3% a 8%, se estiverem direcionadas para nordeste ou noroeste.

A direção sul, portanto, é contraindicada para a instalação porque, naturalmente, ela recebe menor incidência da luz solar, sendo somente viável para locais na região Norte do Brasil.

Qual então é a inclinação ideal?

A escolha da melhor posição para instalação de placas fotovoltaicas serve para aproveitar ao máximo a incidência da luz solar.

Sendo assim, quanto mais perpendicular ao sol as placas estiverem maior radiação elas receberão, produzindo assim mais energia.

Dessa forma, é preciso considerar também a latitude do local da instalação, que nada mais é do que a posição que ela ocupa em relação ao globo terrestre.

Em Santa Catarina, por exemplo, ela é de 27º, o que significa que essa é a inclinação ótima para a instalação das placas fotovoltaicas.

Esse é um cuidado válido para quem tem lajes ou telhados com diferentes ângulos, embora isso possa ser compensado pela própria estrutura utilizada para dar suporte às placas.

Eng. Eletricista Luciano Gentilini

Compartilhe nas redes

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn