NeoEnergy

UFSC inaugura usina solar com módulos bifaciais!

Sistema é capaz de gerar energia com radiação direta do sol e refletida pelo solo.

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) acaba de inaugurar uma Planta Solar Piloto de Módulos Bifaciais. O modelo é capaz de gerar mais energia do que uma usina solar comum, uma vez que capta a radiação direta do sol e a refletida pelo solo.
Montada no campus da Universidade, onde um grupo da UFSC já realiza experimentos, o objetivo da usina é avaliar como o beneficiamento do solo pode aumentar a produtividade dos sistemas fotovoltaicos.
O projeto é composto por dois tipos de módulos fotovoltaicos, em quatro solos diferentes, que serão estudados com base nas suas condições de desempenho ao longo das estações do ano. São avaliados fatores como degradação, sujidade, operação dos equipamentos em extrema irradiância e alta temperatura, além de medições de irradiação global horizontal, albedo, temperatura do ar, umidade relativa do ar e velocidade do vento.
O Laboratório Fotovoltaica da UFSC é responsável por conduzir a pesquisa pela qual, espera-se, melhorar a previsibilidade de desempenho de usinas fotovoltaicas, aumentar a produtividade e prolongar a vida útil dos rastreadores e outros equipamentos utilizados.
Além disso, o resultado das medições permitirá a realização de um plano de implementação de futuras usinas solares em todo o Brasil, impulsionando o setor de geração de energia fotovoltaica.
“Nesse projeto a gente está manipulando o solo para aumentar um pouquinho a reflexão do Sol. Se a gente ganhar 5%, no desempenho de uma usina, isso representa uma competitividade maior para o empreendedor”, pontua o coordenador do laboratório, professor Ricardo Rüther.
Além disso, os módulos bifaciais vêm se tornando um padrão em empreendimentos solares no Brasil, principalmente por serem capazes de produzir mais energia em um mesmo espaço e reduzir custos em sua implementação.

fonte: https://ciclovivo.com.br/planeta/desenvolvimento/ufsc-lanca-usina-solar-com-modulos-bifaciais/

Compartilhe nas redes

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn